Veja quais vinhos ter e como armazená-los corretamente em sua casa

  • Por jovem pan
  • 22/01/2014 14h32

Diversos ouvintes têm perguntado ao consultor Esper Chacur o que os consumidores de vinhos devem ter em casa. Segundo o especialista, não se pode ser genérico, mas é possível seguir algumas sugestões básicas. E é sobre isso que ele fala nesta edição da Enoteca

É preciso considerar inicialmente a quantidade e a periodicidade do consumo. Se a frequência for semanal, o ideal é guardar entre 18 e 24 garrafas.

A dica é a de ter seis espumantes (três simples e três para ocasiões especiais), seis vinhos brancos (três para consumo despretensioso, dois para situações mais requintadas e algum outro que queira conhecer, como um rosé) e nove tintos (três para pratos rústicos, três para jantares mais elaborados e três para grandes ocasiões). 

Pode-se incluir, por fim, alguns vinhos de sobremesa. 

Para armazená-los, escolha um local fresco, em que não bata sol, e coloque as garrafas deitadas na horizontal. 

Confira essas e outras sugestões no áudio.