Vimos na França o contrário do que ocorreu em outros países

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2017 07h45
EFE Emmanuel Macron é o novo presidente da França

No primeiro discurso como presidente, Emmanuel Macron diz que a França estará à frente na luta contra o terrorismo.

O centrista afirmou que, nos próximos cinco anos, terá a responsabilidade de apaziguar medos e promover otimismo entre os franceses.

Michel Temer, Donald Trump e Theresa May parabenizam o político pela vitória.

Os presidentes do Brasil e dos Estados Unidos e a premiê britânica disseram que vão trabalhar com Macron e reforçar as relações entre os países.

“Dos quatro principais candidatos, os republicanos foram muito mal. O Partido Socialista foi um desastre e foi para segundo turno a Frente Nacional e um partido que existe há um ano. Acho que tem de ser vista duas coisas: como é bom ser feita eleição em dois turnos. Segundo, tem eleições no próximo mês, as legislativas. Tudo indica que haverá parlamento sob a maioria dos republicanos”, diz Marco Antonio Villa. “A candidata de extrema-direita acabou derrotada e foi o oposto do que se ocorria recentemente em alguns países”, completa.

Assista ao comentário completo:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.