“10 Medidas contra Corrupção” serão discutidas nesta terça (22) em comissão

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2016 06h39
Marcelo Camargo/Agência Brasildeputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) - ABR

A comissão especial das medidas de combate a corrupção começa a discutir nesta terça-feira (22) o projeto do relator, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

A dificuldade para votação e negociação com procuradores e juízes acabou esbarrando na resistência interna da Câmara dos Deputados.

A retirada do artigo que regulamenta o abuso de poder de juízes, procuradores, promotores e policiais desagrada; os parlamentares querem manter o artigo.

O projeto não foi votado por falta de quórum, uma estratégia de esvaziamento do plenário dos deputados contrários à votação.

Para chegar ao plenário da Câmara, o projeto deve, primeiro, passar pela comissão especial. Senadores querem votar legislação parecida sobre o crime de responsabilidade, que hoje é aplicado para o presidente da República, ministros do Supremo Tribunal Federal, procurador-geral da República e governadores.

Outra polêmica neste debate é a tentativa de anistia para caixa dois de campanha até a criminalização, que deve ficar no projeto final das “10 Medidas Contra a Corrupção”.

*Informações do repórter José Maria Trindade