Blocão se reúne para definir apoio

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2018 19h36 - Atualizado em 16/07/2018 19h38
Roosewelt Pinheiro/ABrCiro Gomes (PDT-CE) tem buscado mudar seu estilo na tentativa de atrair o chamado "Centrão"

A Copa do Mundo acabou e agora toda a nossa atenção se volta pra política. Pras eleições!

O chamado blocão, formado por DEM, PP, Solidariedade e PRB, se reuniu no último sábado na casa do empresário Benjamin Steinbruch, aqui em São Paulo. Discutiram qual candidato devem apoiar. Ainda não bateram o martelo, mas estão ficando sem tempo – as convenções partidárias estão marcadas para o fim de julho, começo de agosto.

O pré-candidato pelo PDT, Ciro Gomes, vem se esforçando bastante pelo apoio. Pediu para se encontrar com os líderes do grupo no fim de semana, e chegou a dizer que o seu coordenador econômico, Mauro Benevides, poderia rever aspectos de seu programa de governo. Tudo para torná-lo um Ciro mais light, mais palatável para o Centrão.

O seu concorrente principal pelo apoio é Geraldo Alckmin. O tucano tem a preferência de uma ala considerável do DEM. Com a saída de Flávio Rocha da disputa, o PRB também estaria inclinado a apoiá-lo.

No 3 em 1 desta segunda-feira, 16, Patrick Santos mediou um debate sobre o tema entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira.

Vera deu informações de bastidores sobre o encontro e decretou: “Ciro Gomes abriu as comportas”. Andreazza afirmou que não duvida que esse tal de ‘blocão’ se divida. Já Madureira fez críticas ao centrão. Segundo ele, o grupo reúne tudo de pior que temos na política nacional.