PMDB quer voltar a ser MDB: mudança de nome melhora a imagem dos partidos?

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2017 18h51
Plenário durante sessão conjunta do Congresso Nacional destinada à apreciação de 24 vetos, 2 projetos de resolução e do PL (CN) 1/2016, que altera a meta fiscal de 2016. Em discurso, senador Romero Jucá (PMDB-RR). Foto: Jane de Araújo/Agência SenadoJucá encaminhou ofício para que a sigla retome o antigo nome: MDB

Em meio à crise política e à insegurança da população diante dos partidos, o presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, informou que pretende mudar o nome da legenda. Nesta quarta-feira, 16, o senador da República encaminhou um ofício ao Tribunal Superior Eleitoral para que a sigla retome o antigo nome: MDB – Movimento Democrático Brasileiro.

O MDB foi criado em 1966, durante a ditadura militar, com o objetivo de fazer oposição à Aliança Renovadora Nacional, Arena, que representava os quadros do regime vigente. Com o fim do bipartidarismo, em 1979, o MDB se tornou PMDB. A mudança deve ser concretizada na convenção nacional do partido, convocada para 27 de setembro.

No 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram sobre a intenção dos partidos com as mudanças dos nomes.

Vera afirmou que a medida é apenas um “botox eleitoral”, já que o eleitor ainda desconfia desses truques.

Andreazza destacou que em vez de renovarem as forças, os partidos optam por alterações cosméticas.

Madureira ressaltou que os integrantes das siglas não mudam a forma de fazer política apesar das alterações dos nomes dos partidos.

Confira o debate completo no 3 em 1: