Adversários de Maia acreditam em segundo turno na eleição da Câmara

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2017 06h29
Plenário da Câmara dos Deputados - ACAMARA

Apesar do favoritismo de Rodrigo Maia (DEM), os outros três candidatos que ambicionam a presidência da Câmara dos Deputados demonstraram otimismo para a disputa. Jovair Arantes (PTB), André Figueiredo (PDT) e Julio Delgado (PSB) declararam que acreditam em segundo turno entre Maia e um deles.

Outro que seria candidato era Rogério Rosso (PSD), mas ele desistiu após o Supremo Tribunal Federal confirmar a candidatura do democrata.

Jovair Arantes reuniu bloco formado por cinco partidos do Centrão: PTB, Solidariedade, Pros, PSL, e PRP, que formam 39 deputados. Porém, ele ainda espera angariar votos do bloco formado por Maia. Ele chegou a dizer que teria a maioria dos votos do PMDB e chegaria ao segundo turno.

André Figueiredo reuniu os três principais partidos de oposição. O PT, que antes declarou apoio a Maia irá alinhar com o PDT, o que também foi o caso do PCdoB. Juntas, as três bancadas possuem 90 deputados. Porém, o PCdoB sinalizou que deve continuar votando em Maia.

Julio Delgado se lançou como candidato avulso porque não conta com apoio de seu partido e de nenhum outro. Também registraram candidatura Luiza Erundina (PSOL) e Jair Bolsonaro (PSC), que não pediu votos e disse que quer apenas usar os 10 minutos de discurso no plenário.

A previsão, no entanto, é de vitória em primeiro turno de Maia. Confira as informações do repórter José Maria Trindade:

*Informações da repórter Levy Guimarães