Agente penitenciária é afastada após tratar mulher de Cabral como detenta comum

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2017 07h37
Adriana Ancelmo com a Polícia Federal - Ag. Brasil

Agente penitenciária diz que foi afastada de Bangu 8 por se dirigir a Adriana Ancelmo como uma detenta comum.

A denúncia foi feita por um colega dela, outro agente, que revelou à imprensa que sua amiga foi transferida de Bangu 8 por ter se dirigido à ex-primeira-dama, chamando-a de “detenta” e pediu que Adriana colocasse as mãos para trás.

A ex-primeira-dama fez queixa à direção e a agente foi transferida para uma outra unidade. A Secretaria de Administração Penitenciária não confirma o motivo da transferência.

O inquérito foi abetrto para investigar tais acontecimentos. Adriana Ancelmo e Sérgio cabral Filho estão presos desde o ano passado acusados de formarem quadrilha que sugou milhões de reais dos cofres do Estado do Rio de Janeiro.

*Informações da repórter Rodrigo Viga