Alerj confirma que oito pedidos de impeachment contra Pezão foram negados

  • Por Jovem Pan
  • 27/05/2017 09h30
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, após reunião com o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)Luiz Fernando Pezão

Depois da ameaça, a paz, a calmaria. Nesta sexta-feira (26), a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro confirmou que os oito pedidos de impeachment contra o governador Luiz Fernando Pezão foram negados pelo presidente da Casa, Jorge Picciani.

Picciani estava afastado por tempo indeterminado, mas voltou para comandar o processo de votação e aprovação do aumento de contribuição previdenciária para ativos e inativos de 11% para 14%.

Ele chegou colocando ordem na Casa, cerca de 15 destaques ao projeto foram vetados e também fazendo ameaças.

Picciani reclamou ainda que Pezão não estava fazendo o repasse mensal de recursos do Executivo para o Legislativo, e isso poderia configurar crime de responsabilidade.

Foi só gritar mais alto, usar imprensa para ameaça que Pezão, horas depois, comunicou que estava realizando tal repasse.

*Informações do repórter Rodrigo Viga