Anatel garante que sinal de TV analógico será desligado no dia 29 de março em SP

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2017 07h29
Televisão: audiência incomoda emissoras

Governo federal promete agilizar distribuição de conversores e confirma desligamento do sinal de TV analógico, em São Paulo, no dia 29 de março.

A entrega dos equipamentos à população de baixa renda está atrasada e a Entidade Administradora da Digitalização chegou a pedir a alteração da data.

A Anatel afirma, porém, que o novo sinal já alcança 86% dos moradores da região e acredita que o índice mínimo para a migração será atingido, no prazo.

Segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia, a transmissão analógica só poderá ser encerrada quando 90% da população tiver acesso à TV digital.

Em Brasília, por exemplo, a taxa de domicílios aptos à conversão ficou abaixo do necessário e o desligamento foi adiado em um mês.

Em entrevista a repórter Luciana Verdolin, o presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou que São Paulo conseguirá fazer a migração na data prevista. “São Paulo e o entorno já está com índice de 86% dos domicílios de cobertura dos domicílios. É plenamente viável e factível que isso será atingido até o final do mês de março”, disse.

Juarez Quadros lembra que 88% dos moradores de São Paulo sabem que o sinal analógico será desligado e não vê motivos para um adiamento.

O diretor-executivo da Entidade Administradora da Digitalização, Antonio Carlos Martelleto, afirmou que a migração beneficiará as emissoras.

A Grande São Paulo será a terceira região do país a desligar o sinal analógico, mas o corte será o maior já realizado até aqui, atingindo 7 milhões de pessoas.

A digitalização já foi concluída em Rio Verde, no interior de Goiás, e também em Brasília e nas nove cidades do entorno do Distrito Federal.

*Informações do repórter Vitor Brown