Anatel permitirá bloqueio de celulares apenas com o número da linha

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2016 11h28
Celular

 A Anatel permitirá o bloqueio de celulares roubados apenas com a informação do número da linha telefônica. O objetivo da medida é facilitar o processo para os usuários, que antes precisavam memorizar o número do IMEI, uma espécie de RG do aparelho. A Agência Nacional de Telecomunicações avalia que poucas pessoas conseguiam o bloqueio efetivo dos aparelhos.

O presidente da Anatel, João Rezende, aponta que o travamento dos celulares roubados faz com que o produto perca o valor no mercado paralelo: “É uma medida fundamental para que haja a invalidação de qualquer celular desviado ou furtado dentro do mercado, no sentido de dar garantia de que esse celular não vai funcionar e não terá valor”.

Outra novidade é a possibilidade de pedir o bloqueio do aparelho roubado em uma delegacia. Antes da medida só era possível entrando em contato com a operadora. Eduardo Tude, presidente da Teleco, afirma a Carlos Aros que o processo ficou mais simples para os usuários: “Esse IMEI vai ser recuperado da rede da operadora, a partir do número telefônico e aí vai ser feito o bloqueio pelo próprio IMEI”.

A Anatel acredita que, principalmente os lojistas, vítimas de roubo de carga, vão se beneficiar, porque também poderão pedir o bloqueio nas delegacias. Por enquanto, apenas Bahia, Ceará e Espírito Santo têm o serviço disponível nas delegacias, mas outros estados devem aderir em breve.