Após ação na Cracolândia, secretário diz que não é obrigado a informar Prefeitura

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2016 09h22
Polícia faz operação contra o tráfico na Cracolândia

Secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, disse que o Estado não é obrigado a informar Prefeitura sobre operação na Cracolândia. Na última sexta-feira (05), uma ofensiva do Denarc na região terminou com a prisão de 32 pessoas que traficavam drogas.

Policiais também prenderam integrantes do Movimento Sem-Teto de São Paulo no prédio do Cine Marrocos, que está ocupado desde 2013. O imóvel pertence a Prefeitura, que pediu a suspensão da reintegração de posse no último mês de março.

Questionado sobre a operação, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que a gestão municipal não foi comunicada.

O secretário de Segurança Pública acrescentou que a ação não era contra as pessoas que frequentam a Cracolândia. “Não existe a obrigação do Estado de avisar que vai realizar uma operação contra o tráfico de entorpecentes. A ação era contra o tráfico de entorpecente e não contra as pessoas que estão naquele local. Não precisávamos avisar do ingresso prévio do Cine Marrocos”, disse.

Mágino Alves Barbosa Filho disse que não houve nenhum mal-entendido e que falou com o prefeito Fernando Haddad na própria sexta-feira e que ele teria compreendido a situação.

*Informações do repórter Anderson Costa