Após descarrilamento, trecho da Linha 5 do Metrô de São Paulo é interditado

  • Por Jovem Pan com Agência Brasil
  • 21/02/2017 09h00
SP - ESTAÇÃO ADOLFO PINHEIRO DO METRÔ/FECHADA - GERAL - Estação Adolfo Pinheiro do Metrô, em Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo (SP), amanhece fechada nesta terça-feira (21) devido a uma falha em um equipamento. Devido ao problema, os trens não circulam na Linha 5-Lilás, entre as estações Largo Treze e Adolfo Pinheiro. O Metrô diz ter iniciado a Operação Paese, disponibilizando cinco ônibus articulados para realizar o trajeto entre as duas estações. 21/02/2017 - Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODescarrilamento de metrô em SP fecha linha 5-Lilás - ae

Um trem da Linha 5-Lilás do Metrô descarrilou por volta das 5h desta terça-feira (21) na zona sul da capital paulista. Segundo a assessoria de imprensa do Metrô, não havia passageiros no momento do acidente e ninguém ficou ferido.

Por volta das 8h, equipes do Metrô ainda trabalhavam na remoção da composição. A linha foi paralisada entre as estações Largo Treze e Adolfo Pinheiro. Não há previsão de quando o serviço será normalizado.

Para atender os usuários da Linha 5, foram disponibilizados ônibus do Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese). O passageiro que embarcar em coletivos na estação Adolfo Pinheiro poderá fazer a transferência gratuita para a Linha 9 – Esmeralda a partir da estação Santo Amaro.

Este foi o segundo descarrilamento registrado no Metrô neste mês. No último dia 7, um trem descarrilou na Linha 3-Vermelha, nas proximidades da Estação Corinthians-Itaquera, zona leste. Na ocasião, também não houve feridos.

Confira as informações do repórter Tiago Muniz: