Associação cobra mudança na sobretaxa de carros fabricados fora do País

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2016 10h46
carros

Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos cobra mudança na sobretaxa aos modelos fabricados fora do Brasil.

José Luiz Gadini, presidente da entidade, lembrou que o setor já paga 35% de imposto de importação.

“Nos deixe trabalhar. Não temos problema de balança comercial. Este IPI é total absurdo, porque carros já pagam os 35% de imposto de importação quando chegam no Brasil. Então, a nossa maneira de ver é que precisa ter IPI diferenciado, mas baseado em eficiência energética. Quem polui mais, paga mais, quem polui menos, paga menos”, explicou.

Gandini conversa com o Governo para eliminar a regra atual. Além do IPI, os veículos importados fora do Mercosul e Mexico têm uma cobrança de taxa adicional de 30 pontos percentuais.

O setor tem uma cota anual de 39 mil veículos, cada montadora administra um volume, e o que passar recebe a cota de 30% no valor do carro.

*Informações do repórter Marcelo Mattos