“Até 31 de dezembro de 2017 a tarifa será mantida”, garante Doria

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2016 08h20
João Dória Júnior participou ao vivo do Jornal da Manhã da Jovem Pan nesta sexta-feira

Diante de especulações de que aumentaria a tarifa do transporte público para evitar gastos extras na Prefeitura, o prefeito eleito de São paulo, João Doria (PSDB), afirmou, em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, que o valor de R$ 3,80 será mantido.

“Quero registrar de forma clara e objetiva. Em 2017 não teremos alteração na tarifa de ônibus na cidade. Até 31 de dezembro de 2017 a tarifa será mantida”, disse.

Doria, no entanto, confirmou a revisão das atuais gratuidades, mas não destacou quais. “Estamos reestudando as gratuidades e verificando onde é possível mexer sem prejudicar a população. Estamos reavaliando, mas com juízo e mantendo a tarifa a R$ 3,80”, completou.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o tucano irá focar nesta revisão para conter os gastos no sistema de transporte da cidade e, desta forma, diminuir o prejuízo com a sua promessa de congelamento de tarifa por um ano.

Velocidade nas marginais

João Doria também esclareceu que as velocidades nas marginais Tietê e Pinheiros retornarão ao que eram antes.

“No próximo mês de janeiro serão alterados para 90km/h nas vias expressas, 70km/h nas vias intermediárias e 60km/h nas vias locais, e 50km/h nas vias de acesso, nas transversais (…) E tenho convicção de que vamos manter os índices baixos de acidentes. Em todas as demais vias, os limites de velocidade serão mantidos como estão”, garantiu.

Situação financeira da Prefeitura

Segundo o prefeito eleito, a situação financeira atual da Prefeitura “aparentemente não está mal”.

O novo secretário da Fazenda, caio Megale, junto a presidente do Consleho de gestão da secretaria faz um escaneamento da situação com a atual secretaria de Finanças.

“A situação das finanças, ao que tudo indica, está razoavelmente em ordem. Não teremos sustos. Não vamos abrir o guardarroupa e encontrar um esqueleto”, contou.