Avenida Washington Luís é interditada para perícia após tiroteio

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2016 06h52
SP - MOVIMENTAÇÃO/AEROPORTO/CONGONHAS - GERAL - Movimentação de passageiros no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 7. 07/01/2016 - Foto: MARCO AMBROSIO/ESTADÃO CONTEÚDO MARCO AMBROSIO / ESTADÃO CONTEÚDO Aeroporto de Congonhas

 A pista sentido centro da Avenida Washington Luís foi interditada em frente ao aeroporto de Congonhas, para os trabalhos de perícia após troca de tiros entre PMs e bandidos.

Três suspeitos ocupavam um HB20 prata roubado quando foram avistados por uma equipe do 22º Batalhão no início da madrugada desta terça-feira (26/01). Os policiais da Força Tática seguiam pela Avenida Cupecê quando suspeitaram dos ocupantes do Hyundai e mandaram o motorista parar.

Ignorando a determinação, o condutor acelerou em direção à região central, passando a ser perseguido pelos PMs, que pediram apoio pelo rádio. Viaturas de outros três batalhões se uniram à caça ao trio, que seguiu pela Avenida Vereador João de Lucca. Dali, o bandido que dirigia entrou na Avenida Washington Luís, na ligação Norte-Sul, e seguiu para a região de Congonhas.

Em frente à Praça Comandante Linneu Gomes, ao lado do aeroporto, o HB20 bateu contra um modelo BMW branco, provocando um engavetamento que envolveu um Ford Ka prata e dois táxis Renault, um Duster e um Fluence, além de uma viatura da PM. Ainda assim, os suspeitos teriam descido atirando contra os policiais e, no revide, os três acabaram baleados. O mais grave, atingido na cabeça, chegou a ser socorrido por uma equipe de resgate dos bombeiros para o Hospital São Paulo, onde acabou morrendo. Os outros dois foram levados para o pronto-socorro do Jabaquara, mas seus estados de saúde não foram divulgados.

Nenhum policial saiu baleado e não houve vítimas no acidente de trânsito. O caso foi encaminhado ao plantão do 27º Distrito Policial, do Campo Belo.

A pista já foi liberada mas há congestionamento no local.