Bahia é o Estado com maior número de ocorrências de microcefalia em 2017

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2017 07h50
Pequena ManuellyImagens de zika

Desde o início de 2017, ao menos 165 casos de microcefalia já foram confirmados no Brasil.

De acordo com o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, houve 541 novas notificações de casos suspeitos neste ano.

Até o momento, há 14 confirmações de mortes fetais e neonatais ligadas ao zika vírus.

Também há registros de abortos espontâneos e fetos com alterações no sistema nervoso central, relacionadas à infecção.

Segundo o Governo federal, a Bahia é o Estado com maior número de ocorrências da microcefalia.

Depois, aparecem o Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco.

A diretora de Gestão do Cuidado da Secretaria da Saúde da Bahia, Liliane Guimarães, acredita que o pior momento do surto já passou, mas alerta que os cuidados precisam ser mantidos.

A diretora de Gestão do Cuidado da Secretaria da Saúde da Bahia, Liliane Guimarães, afirma que o governo estadual mantém o acompanhamento às crianças diagnosticadas com microcefalia.

Segundo o Ministério da Saúde, 3.165 bebês estão em monitoramento, no Brasil.

A taxa de incidência da doença no país está em 1,9 caso a cada 100 mil habitantes.

*Informações do repórter Vitor Brown