Diego Alves tem propostas na mesa e pode deixar o Flamengo em meio a atrito com Paulo Sousa 

De acordo com o jornalista Thiago Asmar, do Grupo Jovem Pan, o arqueiro tem tudo para deixar o Rubro-Negro na metade do ano

  • Por Jovem Pan
  • 19/05/2022 14h19
THIAGO RIBEIRO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚD Diego Alves, ídolo do Flamengo, pode deixar o clube Diego Alves, ídolo do Flamengo, pode deixar o clube

A passagem de Diego Alves no Flamengo pode estar perto do fim. De acordo com o jornalista Thiago Asmar, do Grupo Jovem Pan, o goleiro tem três propostas na mesa e tem tudo para deixar o Rubro-Negro na metade do ano, com a abertura da janela de transferências. Durante o programa “Bate-Pronto” desta quinta-feira, 19, o apresentador disse que para a saída ser concretizada, no entanto, o arqueiro teria que rescindir o contrato com o clube, já que o seu vínculo é válido até o final do ano. A notícia, assim, surge em meio ao atrito do jogador de 36 anos com o técnico português Paulo Sousa.

Na última entrevista coletiva do Flamengo, após a vitória sobre a Universidad Católica (Chile), Paulo Sousa revelou que Diego Alves se colocou à disposição para jogar mesmo ficando dez dias sem treinar. Além disso, o treinador expôs uma contradição no discurso do goleiro. “Se vocês verificarem o que são dores no púbis e o tempo que leva para recuperação, não pode ser de um dia para o outro. Ou por uma reunião que teve com o Bruno Spindel na hora do almoço. E que rapidamente se recuperou e podia estar disponível para jogar”, disparou o comandante flamenguista.

Através das redes sociais, na última quarta-feira, Diego Alves parafraseou uma frase de Adriano Imperador e postou em sua conta no Instagram: “Que Deus perdoe essas pessoas ruins”. Para tentar acalmar os ânimos e aparar as arestas, a diretoria do Flamengo marcou uma reunião nesta quinta-feira. O futuro do arqueiro, desta forma, pode ser selado depois do encontro com os dirigentes Bruno Spindel e Marcos Braz. Ídolo da torcida flamenguista e multicampeão no Rubro-Negro, o veterano, atualmente, é reserva de Hugo Souza e Santos.

Assista ao debate abaixo: