BC não pode atrapalhar desenvolvimento do País, diz Skaf

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2016 08h11
Brasília- DF 08-05-2016 Presidente interino, Michel Temer durante encontro Encontro com Líderes Empresariais. Moreira Franco, Henrique Meirelles, Padilha, Marcos Pereira e Skaf. Meirelles durante discurso do presidente da FIESP, Paulo Skaf. Foto Lula Marques/Paulo Skaf - Ag. PT

O Banco Central não pode atrapalhar o desenvolvimento e travar o País. A afirmação é Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de SP.

Skaf enfatizou que o setor produtivo clama pela redução dos juros a fim de alavancar a economia. Atualmente a taxa Selic está em 13,75 p.p.

Os industriais reclamam ainda dos juros extorsivos cobrados pelos bancos nos cartões de crédito e cheque especial. 

Confira as informações do repórter Daniel Lian: