Bomba de gasolina provoca incêndio em sede de campanha de Le Pen, na França

  • Por Jovem Pan
  • 13/04/2017 08h31
PA82 PARÍS (FRANCIA), 02/03/2017.- Fotografía de archivo fechada el 26 de enero de 2017 que muestra a la líder de la extrema derecha francesa, Marine Le Pen, durante una rueda de prensa en París, Francia. El Parlamento Europeo (PE) acordó hoy, 2 de marzo de 2017, levantar la inmunidad a la eurodiputada Marine Le Pen, después de que ésta publicase en Twitter fotografías de ejecuciones del Estado Islámico (EI). EFE/IAN LANGSDONMarine Le Pen - EFE

Uma bomba de gasolina foi lançada contra a sede de campanha da candidata presidencial francesa Marine Le Pen na madrugada desta quinta-feira (13). De acordo com a polícia, o ataque provocou um incêndio criminoso, mas o fogo foi controlado e ninguém ficou ferido.

A apenas dez dias do primeiro turno eleitoral, a tensão política se eleva na França. Le Pen, líder da extrema-direita, desponta como favorita.

As autoridades abriram uma investigação sobre o caso. Também foram feitos grafites contra a Frente Nacional, partido ultranacionalista e anti-imigração, liderado pela candidata.

Em entrevista à imprensa francesa, Le Pen afirmou que suspeita de que o ataque tenha sido realizado por ativistas da ultraesquerda.

As eleições na França serão realizadas no dia 23 e têm uma disputa equilibrada entre Le Pen, Emmanuel Macron, centrista e favorito para levar a decisão ao segundo turno, no dia 07 de maio.

Confira as informações do correspondente da Jovem Pan na Europa: