Cabral volta a Bangu e é vaiado por visitantes de internos

  • Por Jovem Pan
  • 19/12/2016 09h06
BRA01. RÍO DE JANEIRO (BRASIL), 18/11/2016.- Fotografía cedida por la Secretaría de Administración Penitenciaria (SEAP) hoy, 18 de noviembre de 2016, del exgobernador de Río de Janeiro Sergio Cabral, quien fue detenido el jueves, acusado de corrupción por el cobro de comisiones ilegales que, al menos, alcanzan los 66 millones de dólares. Anthony Garotinho y Sergio Cabral, dos de los gobernadores que ha tenido Río de Janeiro en los últimos quince años, amanecieron hoy tras las rejas, tras ser detenidos esta semana por diferentes asuntos de corrupción. EFE/Secretaría de Administración Penitenciaria (SEAP)/SOLO USO EDITORIAL/NO VENTAS/NO ARCHIVO/MÁXIMA CALIDAD DISPONIBLEEx-governador Sérgio Cabral é fichado na Penitenciária de Bangu

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral não recebeu visitas neste domingo (18), o primeiro após retornar ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Estado.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, não é permitida a entrada de familiares e amigos neste dia em Bangu 8, onde ele está encarcerado.

Ao chegar ao presídio, Cabral foi vaiado por pessoas que visitavam internos no complexo penitenciário.

O político voltou neste sábado (17), exatamente no dia em que completou um mês de sua prisão, efetuada por agentes da Polícia Federal durante a Operação Calicute.

O ex-governador é investigado por suspeitas de receber milhões em propina para fechar contratos públicos.

Cabral havia sido transferido para a carceragem da Polícia Federal em Curitiba por supostamente receber regalias no presídio fluminense. O retorno dele foi determinado pela Justiça Federal.

*Informações da repórter Carolina Ercolin