Caixa tem horário especial para quem pode sacar o FGTS

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2017 14h28
Cartões, dinheiro e cheques. Foto: Marcos Santos/USP ImagensDinheiro no Bolso - Fotos Públicas

As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir com duas horas de antecedência nesta sexta-feira (9), para receber os trabalhadores que vão sacar os recursos das contas inativas do FGTS.

O expediente deverá ser repetido na segunda (13) e na terça-feira (14) da semana que vem.

No sábado (10), as agências também estarão abertas das 9h às 15h, com atendimento exclusivo aos trabalhadores que pretendem fazer a retirada.

A partir desta sexta-feira, poderão sacar o dinheiro os cotistas do fundo de garantia que nasceram em meses de janeiro ou fevereiro. No dia 10 do mês que vem, os recursos serão liberados para trabalhadores nascidos em março, abril e maio.

A partir de 12 de maio, será a vez de quem nasceu em junho, julho e agosto. Em 16 de junho, o resgate será autorizado para os aniversariantes de setembro, outubro e novembro. Quem nasceu em dezembro, só poderá fazer o saque do no dia 14 de julho.

De acordo com o cronograma do governo, até o dia 31 de julho todos os beneficiados poderão fazer as retiradas. Veja o calendário:

calendário de saques do FGTS

Quem tem direito?

Os trabalhadores que têm direito a sacar o dinheiro do FGTS são aqueles que pediram demissão ou que foram despedidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Uma conta passa a ser inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou à rescisão do contrato de trabalho.

Portanto, o funcionário não pode solicitar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual. O diretor executivo do FGTS da Caixa, Valter Nunes, recomenda que os trabalhadores confirmem, no site da Caixa, se têm direito ao saque.

O site para a consulta é o WWW.CAIXA.GOV.BR/CONTASINATIVAS

Quanto eu posso sacar?

As contas inativas com saldo até R$ 1.500 poderão ser sacadas nos caixas eletrônicos da Caixa apenas com a senha do Cartão do Cidadão, sem precisar levar o próprio cartão. Já para valores entre R$ 1.500 e R$ 3.000 reais, será necessário que o trabalhador tenha em mãos o cartão.

A Caixa Econômica Federal informou que já iniciou a transferência do dinheiro das contas inativas que serão liberadas no primeiro lote, disponibilizado nesta sexta-feira.

Ao todo, há mais de 49 milhões de contas inativas que podem ter os recursos retirados, com um saldo total de R$ 43,6 bilhões milhões de reais.

A previsão da equipe econômica do governo é que a liberação do dinheiro injete mais de R$ 30 bilhões na economia brasileira.