Zetti conversa com Tiago Volpi e abre o jogo: ‘É muito difícil ele ficar no São Paulo’

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2019 12h34
ReproduçãoZetti concedeu entrevista exclusiva a Flavio Prado, da Rádio Jovem Pan

É, de fato, muito difícil que Tiago Volpi fique no São Paulo para a próxima temporada. Em entrevista exclusiva a Flavio Prado que vai ao ar no próximo domingo, na Rádio Jovem Pan, o ídolo e ex-goleiro tricolor Zetti revelou que conversou com o atual titular da meta são-paulina e que, durante o papo, sentiu que o retorno de Volpi ao México é mais provável que a permanência no Brasil.

“O São Paulo tem de pensar nesse goleiro lá na frente, porque o contrato do Tiago Volpi vai até dezembro, e vai ficar uma situação em que não tem essa definição dele. Acho muito difícil ele ficar no São Paulo. Ele deve voltar para o México, até pelo que eu conversei com ele…”, contou Zetti, antes de cobrar uma resolução rápida do caso. “Tem de ter essa definição, até para a torcida saber quem será o próximo goleiro, o substituto, se não comprar o Tiago… Essa segurança tem de começar agora. Não pode esperar o fim do campeonato”, acrescentou.

Contratado por empréstimo junto ao Querétaro, do México, em dezembro do ano passado, Tiago Volpi tem vínculo com o São Paulo apenas até o fim da temporada. O clube brasileiro tem a opção de compra por US$ 5 milhões (cerca de R$ 19,3 milhões) e precisa exercê-la até o último mês de 2019. Se a quantia não for desembolsada, o jogador terá de retornar ao ex-clube.

Há dez dias, em entrevista à ESPN, o técnico do Querétaro, Victor Manuel Vucetich, afirmou que Tiago Volpi voltará ao México no fim do ano. “Ele foi ao Brasil com um propósito muito claro, e nós demos o respaldo. Por isso a possibilidade de voltar para nós ao término do seu contrato está se cumprindo”, disse. “Ele voltará a jogar conosco. Já estamos falando de dar o respaldo e o apoio necessário para o retorno de Volpi. Por isso temos elementos confiáveis para qualquer circunstância que se apresentar nos próximos dias. Jogará conosco”, garantiu.

Enfim, um goleiro confiável

Nos últimos meses, Tiago Volpi superou o início de temporada turbulento e emendou uma sequência de bons jogos com a camisa tricolor. Ele se tornou o primeiro goleiro a de fato transmitir segurança à torcida do São Paulo desde a aposentadoria de Rogério Ceni, em 2015. Segundo Zetti, o jogador sofreu com a instabilidade do time no início do ano, mas, enfim, ajustou-se.

“O Tiago começou com o time muito instável, o São Paulo não estava bem”, analisou. “E, é claro que, para um goleiro, substituir o Rogério Ceni é uma responsabilidade muito grande… Não pode haver essa comparação. Mas, ao mesmo tempo, o São Paulo precisava de um goleiro que desse essa segurança. E eu acho que, agora, o Tiago ajustou o timing na maneira de atuar. Já conquistou a confiança da torcida. Eu sempre brinco que goleiro de time grande tem de fazer um ou dois milagres por jogo. Não muitos. Mas, quando a bola difícil vem, tem de dar um jeito de fazer a defesa, e é o que vem acontecendo”, finalizou.

A entrevista exclusiva de Zetti vai ao ar, na íntegra, no próximo domingo, no Seleção Jovem Pan. Fique ligado!