Casal vítima de sequestro-relâmpago é libertado após perseguição na Dutra

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2016 13h16
SP - CASAL/SEQUESTRO - CIDADES - Um casal foi vítima de sequestro relâmpago quando chegava ao Shopping Internacional de Guarulhos, no bairro Itapejica, às margens da Rodovia Presidente Dutra, na grande São Paulo, na noite de ontem (15). As vítimas foram obrigadas a ficar dentro do carro e levadas pelos criminosos para sacar dinheiro. Ao passar por policiais, deu-se início à perseguição. O suspeito que dirigia o carro do casal perdeu o controle e acabou se envolvendo em um acidente no quilômetro 219 da Dutra. Os dois sequestradores foram presos e as vítimas libertadas com ferimentos leves. 15/01/2016 - Foto: HELIO TORCHI/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDOCasal é feito refém em Guarulhos

 A polícia deteve dois adolescentes e libertou um casal que foi vítima de sequestro-relâmpago em Guarulhos, na Grande São Paulo. Eles foram dominados por menores de 16 e 17 anos, na noite desta sexta-feira (15/01) em um semáforo próximo ao Shopping Internacional, no Bairro Itapejica.

Armados com um revólver, os assaltantes invadiram o veículo do casal. Um deles assumiu a direção enquanto o outro mantinha as vítimas como reféns. A intenção era levar o casal para fazer saques em caixas- eletrônicos, mas uma testemunha da abordagem anotou a placa do carro e ligou para a polícia.

O Copom alertou as equipes da área, e o carro foi localizado por uma delas na Rodovia Presidente Dutra, onde teve início uma perseguição. O tenente Alberto Caldeira, do 44º Batalhão descreve a ação: “Nós posicionamos as viaturas próximas da saída da Dutra, porque eles estavam indo no sentido do Rio de Janeiro. Uma das viaturas identificou a placa e se iniciou o acompanhamento. Por vários quilômetros as viaturas tentaram abordar o veículo, mas no km 220 o carro bateu em uma árvore”.

A dupla foi dominada pelos PMs e não reagiu. A arma usada no assalto não foi encontrada, já que, segundo os reféns, foi jogada pela janela na perseguição. Na colisão, uma das vítimas sofreu uma luxação no pulso esquerdo. Os menores, que já tinham passagens pela Fundação CASA, não se feriram e foram encaminhados ao 7º Distrito Policial de Guarulhos.