CGU aponta prejuízo milionário na Zona Franca de Manaus

  • Por Jovem Pan
  • 04/11/2015 12h30

Vista aérea da Zona Franca de Manaus em 2008. O espaço livre de impostos foi criado em 1967 e está na quinta fase de exploração industrial.

Zona Franca de Manaus

 A Controladoria Geral da União apontou um prejuízo no valor total de cerca de R$ 100 milhões por irregularidades na Zona Franca de Manaus. O órgão chegou a essa conclusão, após uma auditoria feita na Superintendência do polo industrial.

O trabalho foi realizado em 2013, a partir dos dados e da prestação de contas da unidade. Foi constatado que a administração não aplicou os recursos obrigatórios na área de Pesquisa e Desenvolvimento. Por regra, a Zona Franca de Manaus deve investir cerca de R$ 250 milhões no setor.

Entre as causas dos prejuízos estão os incentivos para empresas em situação irregular e a insegurança jurídica nas companhias beneficiadas pela decisão.

A estimativa é que a zona industrial seja responsável pela produção de R$ 5 bilhões por ano de itens. No momento, os auditores apuram a omissão na aplicação de recursos federais em prefeituras no interior do Amazonas.