Chega a 48 o número de mortes por febre amarela em MG

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2017 08h05
Febre amarela

Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais confirmou nesta quarta-feira (01) 48 mortes por febre amarela. Até o momento, 132 casos de febre amarela foram confirmados e 613 estão sob investigação. Este é o pior surto de febre amarela já registrado no Estado.

Lembrando que os sintomas são dores de cabeça, febre alta, perda de apetite, náusea e vômito, urina escura e dores abdominais.

No Estado de São Paulo, o número de mortes da doença subiu de três para seis este ano, sendo duas nas cidades de Batatais e Américo Brasiliense.

As outras quatro foram registradas na Grande São Paulo de pessoas que visitaram o Estado de Minas Gerais quando foram contaminadas.

O alerta até o momento é para as áreas de risco do interior do Estado.

Até a ultima segunda-feira, 31 macacos apareceram mortos nas regiões de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Franca e Barretos.

Os especialistas confirmaram que os animais estavam com o vírus da febre amarela e agora fazem buscas para identificar o mosquito transmissor.

No Estado de SP, 17 casos estão sendo investigados.

A vacina contra a febre amarela é indicada para aqueles que pretendem ir às áreas de risco como o Estado de Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo e é válida por 10 anos.

*Informações do repórter Victor Moraes