Coletiva da Lava Jato nesta quinta terá novas denúncias

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2016 09h21
São Paulo - O ex-procurador de Milão e integrante da Operação Mãos Limpas, Piercamillo Davigo, a procuradora Geisa de Assis Rodrigues e o juiz federal Sérgio Moro participam do simpósio Lava Jato e Mãos Limpas (Rovena Rosa/Agência Brasil)Lava Jato

 Em Curitiba, procuradores da Lava Jato vão anunciar novas denúncias relacionadas à operação. Com o engavetamento do projeto “10 Medidas Contra Corrupção”, que teve 2 milhões de assinaturas da população, denota um conflito institucional.

Em entrevista a Claudio Tognolli, o procurador Roberson Pozzobon explica o que está acontecendo no Congresso: “A lei das 10 Medidas Contra a Corrupção, é um projeto de lei de iniciativa popular. No dia 29 de março foi apresentado na Câmara e a tramitação lá tem um viés legislativo específico que foi startado, que foi o despacho da presidência para a criação de uma comissão especial para analisar aquele projeto, as diversas medidas. Temos um paralelo feito com a Operação Mãos Limpas, na Itália, de diversas investidas na seara política, por meio de projetos de lei e outras inciativas, para tolir as investigações e tentar conter danos para evitar que parlamentares sejam afetados”.

O procurador não adiantou o teor das denúncias. A coletiva com os membros da força-tarefa está marcada para às 14h.