Com recorde de votos, Suplicy ficaria em 5º se estivesse na disputa pela Prefeitura

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2016 06h45
SP - ELEIÇÕES 2016/SP/SUPLICY/REPÓRTER - POLÍTICA - O repórter Alberto Gaspar, da TV Globo, é hostilizado por manifestante pró-Haddad enquanto entrevistava o vereador eleito Eduardo Suplicy (PT), em frente ao diretório do partido em São Paulo, neste domingo. Suplicy interveio e controlou o manifestante. 02/10/2016 - Foto: ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDOEduardo Suplicy - AE

O PT fez pelo menos um grande vencedor na eleição municipal de São Paulo neste domingo (02).

Com mais de 301 mil votos, Eduardo Suplicy foi o candidato à Câmara que recebeu o maior número de adesões na história da cidade.

Os 5,62% dos votos válidos colocariam o ex-senador em quinto lugar se estivesse na disputa para prefeito.

Eduardo Suplicy quer tentar corresponder à confiança depositada pelos eleitores com um mandato construtivo no parlamento municipal de São Paulo.

“Felizmente agora o povo paulistano, que tinha dado a mim 40% dos votos para o Senado, agora confirmou respeito e confiança no meu trabalho e espero corresponder a esta confiança e realizar o trabalho o melhor possível na Câmara Municipal”, disse.

Uma bandeira que o ex-senador promete defender é a da renda básica de cidadania, que ele empunhava desde antes do período no Senado.

Eduardo Suplicy participou da fundação do PT, foi eleito deputado federal, vereador durante a gestão Erundina e então senador da República.

Antes de tentar novamente uma vaga na Câmara Municipal, Suplicy era secretário de Direitos Humanos e Cidadania da gestão Fernando Haddad.

*Informações do repórter Tiago Muniz