Comandante do Exército defende respeito à Constituição durante crise política

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2016 11h04
Comandante do Exército

O comandante do Exército defendeu o respeito a Constituição e garante que Força tomará qualquer atitude somente se for acionada por um dos três Poderes.

Em uma edição do programa “Comandante responde”, no canal oficial do Exército no YouTube, o general Eduardo Villas Bôas, abordou a crise política brasileira e o avanço das manifestações populares.

“Estamos participando, vivendo e sofrendo as consequências dessa crise política econômica, política, e ético-moral. os três estão interligados. Nos momentosa de crise, as instituições sólidas acabam se tornando referências para a sociedade como um todo, que a ela miram e aguardam atitudes que sinalize como sair da crise”, disse.

O General Vilas Boas defende a legalidade: “o nosso papel, com as atribuições perfeitamente definidas na Constituição e nas leis copmplementares, vamos pautar a nossa atuação em três pilares básicos. A primeira é a estabilidade, já que é condição essencial para que instituições encontrem caminhos para sairmos da crise. Segundo é a legalidade. Toda e qualquer atitude nossa será absolutamente respaldada ao que os dispositvidos legais estabelecem. Terceiro aspecto é a legitimidade que nos é proporcionada pela credibilidade que a sociedade brasileira nos atribui”, completou.

O Comandante do Exército, general Villas Bôas, acredita que o país tem condições de reverter a situação e reencontrar seu caminho de desenvolvimento.

Confira abaixo o vídeo completo: