Combate ao câncer de mama deve ser feito o ano todo, diz oncologista

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2016 09h32
O governador Geraldo Alckmin durante anúncio de Programa de Rastreamento de Câncer de Mama - "Programa Mulheres de Peito". Data: 05/02/2014. Local: São Paulo/SP. Foto: Edson Lopes Jr/A2 FOTOGRAFIAMamografia

No mês de conscientização do câncer de Mama, o Outubro Rosa, o oncologista Fernando Maluf destaca que o trabalho contra a doença deve continuar nos outros 11 meses do ano.

O câncer de mama é o mais comum no País e vê sua taxa crescer a cada ano. Já são mais de 60 mil novos casos e é um dos tumores que mais cresceram nos últimos cinco anos.

Segundo o oncologista, as mulheres na faixa entre 40-45 anos devem realizar os exames preventivos anualmente – mamografia e ultrassom. Em mulheres mais novas, mas que possuem casos na família, os exames podem ter início na faixa dos 25-30 anos.

Fernando Maluf tranquiliza, no entanto, aquelas que possuem casos na família, como uma mãe ou avó com o câncer, por exemplo. “A pessoa tem risco maior, mas ela não está fadada a ter câncer de mama”.

Entre os trabalhos preventivos que podem ser adotados por mulheres em todas as faixas etárias são mudanças nos hábitos de vida. Uma boa alimentação rica em verduras, legumes e frutas, além de exercícios físicos ajudam na prevenção da doença.

“1/3 dos tumores de mama estão ligados ao álcool, obesidade, falta de exercicio e dieta”, alerta o oncologista.

Confira a entrevista completa: