Confira aqui o que você não ouviu em “Os Pingos nos Is” de 05/04/2017

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2017 14h28 - Atualizado em 22/06/2017 11h19

O que Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown não comentaram nesta quarta-feira (05), você confere aqui:

PRESIDÊNCIA X PT – O senador Lindbergh Farias irá disputar com a senadora Gleisi Hoffmann a presidência interna do PT. O ex-presidente Lula se reuniu ontem com o parlamentar para tentar convencê-lo a deixar o pleito, em nome da “unidade do partido”. Lindbergh argumentou que não pode desapontar seus apoiadores; ele é o candidato da Democracia Socialista e de outras correntes de esquerda dentro da legenda.

GLEISI – Lançada por Lula como candidata à presidência do PT, a senadora Gleisi Hoffmann divulgou uma carta elogiando seu concorrente na disputa, Lindbergh Farias, e dizendo que o “inimigo está fora do PT”. No texto, ela afirmou que o PT é o partido mais querido do Brasil e chamou a ex-presidente Dilma de guerreira.

RENAN X TEMER – Em jantar com alguns peemedebistas na casa da senadora Kátia Abreu, em Brasília, o senador Renan Calheiros voltou a criticar a terceirização e as reformas trabalhista e da Previdência. O encontro contou com a presença do ex-presidente José Sarney e a filha Roseana Sarney, e dos ministros Hélder Barbalho, da Integração Regional, e Dyogo Oliveira, do Planejamento.

MAIA X REFORMA – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que não é possível avançar nas mudanças propostas na reforma política enquanto não forem a plenário na Casa as reformas da Previdência e trabalhista.

HENRIQUE ALVES – Segundo a Folha, o ex-presidente da Odebrecht Ambiental Fernando Cunha Reis afirmou, em seu acordo de delação premiada, que doou R$ 2 milhões em caixa dois para a campanha Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao governo do Rio Grande do Norte, em 2014. Alves perdeu a eleição no segundo turno para Robinson Faria (PSD). O pedido de contribuição foi feito, segundo o delator, numa reunião entre ele, Alves e Eduardo Cunha. A defesa de Alves negou que seu cliente tenha recebido doação ilegal ou por meio de caixa dois.

LAVA JATO X SUÍÇA – A Procuradoria-Geral da Suíça anunciou que confiscou um total de 1 bilhão de dólares (cerca de R$ 3,1 bilhões) em ativos ligados às investigações da Lava Jato em 2016. A quantia representa aumento em relação aos 800 milhões de dólares que tinham sido apreendidos ao longo de 2015.

CEF – A Caixa Econômica Federal antecipou para sábado a liberação das contas inativas do FGTS para os nascidos nos meses de março, abril e maio. O calendário oficial previa que isso acontecesse apenas na próxima segunda. De acordo com a estatal, 7,7 milhões de trabalhadores terão direito ao saque nesta segunda etapa. Destes, 2,3 milhões receberão automaticamente no sábado porque possuem conta poupança individual no banco. Mais de 2.000 agências do banco ficarão abertas no sábado, entre 9h e 15h. Nos dias 10, 11 e 12 de abril, as agências abrirão duas horas mais cedo.