Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta quarta-feira (02/07/2014)

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2014 20h09

Como não houve jogo da Copa do Mundo nesta quarta-feira, “Os Pingos nos Is” tiveram uma edição especial de uma hora e meia, até pela não obrigatoriedade da transmissão da “Voz do Brasil” neste horário no período do Mundial de futebol.

Reinaldo Azevedo, Mona Dorf e Patrick Santos conversaram sobre os principais assuntos do dia, como a condusão na Vila Madalena, a morte de três israelenses na Cisjordânia e a transferência de presídio de alguns mensaleiros, além, claro, da Copa.

Reinaldo Azevedo abriu o programa com um editorial comparando a Vila Madalena, que tem sido palco de diversas confusões envolvendo turistas, e a Cracolândia no centro de São Paulo.

Vários aspectos da lei não têm sido observados tanto em um lugar quanto em outro, avalia Reinaldo. A polícia teve que usar bombas de efeito moral para conter os excessos das comemorações argentinas na última madrugada, inclusive. Ouça o comentário no começo do áudio acima.

Já o “pingo no i” de Mona Dorf foi a notícia internacional de três jovens israelenses que foram encontrados mortos na Cisjordânia. O Hamas é o principal acusado dos assassinatos. Reinaldo Azevedo aproveitou para criticar o acordo do Fatah com o Hamas feito em abril.

Já Patrick Santos destacou a transferência de José Dirceu, Delúbio Soares e Valdemar Costa Neto da Penitencária da Papuda para o Centro de Progressão Penitenciária, onde poderão trabalhar fora da prisão. “O que eu fico feliz é que essas pessoas estão impedidas de se candidatar”, comentou Reinaldo Azevedo.

Além disso, Denise Campos de Toledo, especialista em economia da Jovem Pan, destacou os principais assuntos do dia e previu que os índices vão piorar depois da Copa, ressaltando o prejuízo que certas paralisações por causa dos jogos trazem à Indústria.

Outro assunto foi a CPI da Petrobras, que não conseguiu votar nesta quarta-feira os mais de 390 requerimentos que aguardam análise. Reinaldo avaliou que isso já era esperado, dada a relatoria governista da CPI, pelo deputado do PT Marcos Maia. Mais um tema do dia foi o apoio da bancada do PTB na Câmara à candidatura de Dilma, contrariando decisão da Executiva do partido, que está com Aécio. Como defender o tucano. A decisão da bancada petebista, contudo, é basicamente simbólica, já que o tempo da legenda na propaganda eleitoral seguirá com Aécio.

O correspondente internacional da Jovem Pan em Nova Iorque, Caio Blinder, também participou do programa, avaliando o gosto dos americanos pelo futebol, já que índices de audiência da Copa do Mundo entre os ianques superaram inclusive ao de esportes nacionais típicos dos EUA, como o baseball.

Ainda no assunto Copa, Blinder comentou os 20 anos da morte de Andres Escobar, zagueiro colombiano supostamente morto por membros da máfia do país por fazer um gol contra e ajudar na eliminação de sua seleção da Copa de 1994. O correspondente da Pan comparou a Colômbia de outrora com a atual na questão do comércio de drogas e da violência associada, bem como a questão das apostas, que estaria também assossiada ao assassinato de Escobar.

De forma mais irreverente, no segundo bloco os jornalistas comentaram também outros assuntos referentes à Copa do Mundo, inclusive o choro de jogadores da seleção brasileira antes da disputa de pênalti contra o Chile nas oitavas. Destaca-se ainda que Mona Dorf acertou em cheio o placar de Brasil x Chile, até o placar dos pênaltis.

De forma mais séria, abordaram outros assuntos do dia aqui não listados. Ouça o programa completo no áudio acima.