Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta quarta-feira (11/11/2015)

  • Por Jovem Pan
  • 11/11/2015 15h57

Patrick Santos, Victor LaRegina e Silvia Poppovic comentaram os principais assuntos desta quarta-feira (11) em “Os Pingos nos Is”.

Em seu editorial de abertura, Reinaldo Azevedo ponderou sobre o aborto: “Se o feto fosse parte do corpo da mulher, o aborto seria uma mutilação. É? Não: o outro corpo tem de ser regulado por outras regras”. Saiba mais no editorial completo.

Outros destaques do programa foram:

PSDB X CUNHA – O PSDB formalizou hoje o rompimento com Eduardo Cunha. As explicações para negar o envolvimento no escândalo do petrolão foram classificadas pelos tucanos como “desastrosas”. A legenda também voltou a pedir que Cunha se afaste da presidência da Casa e garantiu que não participará mais das reuniões que ele promove semanalmente. Segundo a A Folha de S. Paulo, aliados de Cunha disseram que ele ficou “indignado” com o rompimento anunciado pelo PSDB. Ele considerou o ato uma “deslealdade” do partido

PAULINHO X CHICO ALENCAR – O deputado Paulinho da Força assumiu a vaga em aberto do Conselho de Ética da Câmara. Em seu 1 º dia de colegiado, o conselho instaurou um processo de cassação contra Chico Alencar (PSOL-RJ). Paulinho acusa Chico de financiamento ilegal de campanha e uso de notas frias de suposta empresa fantasma para recebimento de cota parlamentar.

MARIANA – O governo federal decretou hoje situação de emergência em Mariana, em MG. A cidade sofre as consequências do rompimento de barragens de contenção de rejeitos da mineradora Samarco na última quinta, que deixou 8 mortos e 21 desaparecidos. 

LULA X COMISSÃO – A Comissão de Segurança Pública da Câmara aprovou hoje um convite para que Lula explique declarações que deu num ato em defesa da Petrobras, em fevereiro deste ano. Na época, ele afirmou que a esquerda também “sabe brigar, sobretudo quando João Pedro Stédile, do MST, colocar o exército dele nas ruas”.