Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta segunda-feira (08/05/2017)

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2017 17h18

Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown comentaram os principais assuntos desta segunda-feira (08) em “Os Pingos nos Is”.

Em seu editorial de abertura, Reinaldo Azevedo falou sobre Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República. Saiba mais no editorial completo.

MEIRELLES X PREVIDÊNCIA – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que está confiante de que o Congresso aprovará a reforma da Previdência. Segundo ele, a área política do governo está trabalhando duro para garantir uma margem segura “para que não haja dúvida ou surpresas”. A comissão especial da Câmara começa a votar amanhã os destaques à proposta, cujo texto-base foi aprovado na semana passada.

DEFESA X ADIAMENTO – A defesa Lula quer o adiamento do depoimento do ex-presidente ao juiz Sergio Moro, marcado para esta quarta (10). Os advogados do petista entraram com um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da Quarta Região pedindo a suspensão dos prazos do processo para que possam ter tempo de analisar documentos apresentados pela Petrobras à Justiça na última semana.

VÍDEO X MORO – O juiz Sergio Moro divulgou um vídeo pedindo que os simpatizantes da Operação Lava Jato não compareçam à sede da Justiça Federal, em Curitiba, durante o depoimento de Lula, marcado para a próxima quarta. Na gravação, Moro disse que “nada de diferente ou anormal” vai acontecer no dia do interrogatório. Entre outras coisas, afirmou: “Acima de tudo, não quero que ninguém se machuque em eventual conflito ou discussão nessa data. Por isso a minha sugestão é: não venha, não precisa. Tudo vai ocorrer na normalidade”.

MST X CURITIBA – A juíza Diele Denardin Zydek, da Quinta Vara de Fazenda Pública de Curitiba, proibiu que o MST monte acampamentos na capital paranaense entre as 23h de segunda e as 23h de quarta, dia do depoimento de Lula a Sergio Moro. A decisão foi tomada após pedido feito pela prefeitura da cidade. A multa em caso de descumprimento é de R$ 50 mil por dia. De acordo com o líder do MST, João Pedro Stédile, 20 mil sem-terra devem ir a Curitiba. A CUT promete levar um grande número de pessoas. Só do Grande ABC devem sair cerca de 30 ônibus em direção ao Paraná.

DALLAGNOL – O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, afirmou que, entre os envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras, os políticos são os que “menos reconheceram seus crimes até agora” e “ainda devem desculpas ao povo brasileiro”.

MACRON – O centrista Emmanuel Macron foi eleito presidente da França neste domingo com 66% dos votos. Ele disputava as eleições contra a ultranacionalista Marine Le Pen, da Frente Nacional, que recebeu 34%. Após o resultado, Macron disse que vai trabalhar para diminuir as profundas divisões na França, que resultaram em grandes pontuações para a extrema-direita e extrema-esquerda, além de tentar aproximar as instituições europeias das populações do continente.