Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta segunda-feira (15/05/2017)

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2017 14h21

Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown comentaram os principais assuntos desta segunda-feira (15) em “Os Pingos nos Is”.

Em seu editorial de abertura, Reinaldo Azevedo falou sobre o primeiro aniversário do governo Michel Temer. Saiba mais no editorial completo.

ECONOMIA – De acordo com o Banco Central, o Brasil cresceu 1,12% no primeiro trimestre deste ano. Trata-se da primeira alta para qualquer trimestre desde os últimos três meses de 2014. O desempenho nesse início de ano veio acima das expectativas. Em janeiro, houve alta de 0,36% na comparação com dezembro de 2016. Em fevereiro, o IBC-Br, uma espécie de prévia do PIB, cresceu 1,37% em relação ao mês anterior, acima do que era esperado pelo mercado.

FOCUS – Segundo o Boletim Focus, do Banco Central, o IPCA deve terminar o ano em 3,93%. Para 2018, a expectativa é de 4,36%. Já a projeção para o PIB em 2017 é de crescimento de 0,50%. Para o ano que vem, a previsão é de 2,50%.

MORO X LULA – O juiz Sérgio Moro negou os pedidos da defesa de Lula e do Ministério Público Federal para ouvir novas testemunhas no processo do tríplex de Guarujá, em que o ex-presidente é réu acusado de ter recebido vantagens indevidas da OAS. O magistrado ainda negou outros pedidos, como novas informações sobre o plano de recuperação judicial da OAS, sobre auditorias externas da Petrobras e perícia contábil-financeira para apurar de quem seria o imóvel.

BARUSCO – A juíza Maria da Penha Nobre Mauro, da Quinta Vara Empresarial do Rio de Janeiro, determinou que o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco deve devolver R$ 90 milhões à Sete Brasil. De acordo com a magistrada, esse seria o valor que Barusco obteve em propinas por contratos da Sete com estaleiros, além do bônus que ganhou por ter sido dirigente da empresa. Barusco alegou não ter esse dinheiro. Ele disse que já devolveu todo o dinheiro ilícito que recebeu à Petrobras, no âmbito de seu acordo de delação com o MP, em 2014. Na época, restituiu a estatal com 97 milhões de dólares.

PT – Levantamento feito pela Folha com base em algumas delações premiadas indica que a Odebrecht teria repassado ao PT pelo menos R$ 323,5 milhões, entre 2009 e 2013. O crédito na suposta conta-corrente do partido veio após interesses da empresa serem atendidos, como a aprovação de medidas provisórias e obtenção de financiamento. Esses valores foram registrados em uma planilha chamada “Posição Programa Especial Italiano” – de acordo com os investigadores, uma referência ao ex-ministro Antonio Palocci, que era o responsável pela conta. As informações constam da delação do ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht.

TEMER X IR – O governo federal confirmou que estuda aumentar a isenção do imposto de renda. Em entrevista, o presidente Michel Temer afirmou que apreciaria “muitíssimo” ampliar a faixa de isentos, mas reconheceu que isso é algo complicado e que ainda está em fase inicial de discussões. Temer não deu detalhes de quanto seria essa isenção no imposto, mas, de acordo com o “Valor Econômico”, a proposta dobraria a faixa de isenção do IRPF dos atuais R$ 1.903 para R$ 4 mil.