Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta sexta-feira (05/05/2017)

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2017 12h57

Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown comentaram os principais assuntos desta sexta-feira (05) em “Os Pingos nos Is”.

Em seu editorial de abertura, Reinaldo Azevedo falou sobre o PT e o Estado de Direito. Saiba mais no editorial completo.

PALOCCI X RECURSO – A defesa do ex-ministro Antonio Palocci apresentou um recurso contra a decisão do ministro do STF Edson Fachin de levar para julgamento no plenário o habeas corpus do cliente, preso preventivamente na Lava Jato. O advogado criminalista José Roberto Batochio afirmou que a decisão é “desfundamentada” e fere a competência da Segunda Turma do Supremo para julgar o pedido de liberdade. Batochio pediu que este recurso, em si, também seja julgado na Segunda Turma, antes mesmo do julgamento do mérito do habeas corpus. 

TOFFOLI X HABEAS CORPUS – O ministro do STF Dias Toffoli vai julgar os habeas corpus de empresários investigados na Lava Jato, que pediram o benefício com base na libertação do ex-ministro José Dirceu. Embora o ministro Edson Fachin seja o relator da operação no tribunal, esses casos foram parar nas mãos de Toffoli por força do Regimento Interno. No julgamento do habeas corpus de Dirceu, Fachin votou para que ele continuasse preso. Toffoli votou pela libertação do petista.

DUQUE X LULA – Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, afirmou que Lula não só tinha conhecimento do esquema de propinas na Petrobras, como comandava tudo. Segundo Duque, o ex-presidente teria pedido a ele que não mantivesse contas no exterior. Essa recomendação teria sido feita em um encontro em julho de 2014, num hangar da TAM no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O ex-diretor relata que Lula queria saber detalhes para onde foi mandado o dinheiro referente às propinas dos contratos de sondas da Petrobras com a Sete Brasil. 
BOLSONARO – Segundo a coluna Painel, da Folha, o deputado Jair Bolsonaro, atualmente no PSC, começou a acelerar as negociações para trocar de partido. Seu destino será o “Muda Brasil”, legenda que ainda está em processo de criação e é patrocinada pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto. O “Muda Brasil” deve ser inaugurado na próxima semana.