Corregedoria prende dois policiais civis por suspeita de extorsão

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2016 07h26
Reprodução/Google MapsSede do Deic em São Paulo

Corregedoria da Polícia Civil prende investigador do Deic, em São Paulo, e outro da região de Campinas, por suspeitas de extorsão.

A ofensiva também conta com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, do Ministério Público.

As detenções aconteceram entre a noite de sexta (14) e a manhã de sábado (15) e fazem parte da apuração de um esquema de achaque a empresários e comerciantes ilegais de combustíveis.

A investigação aponta que os policiais envolvidos cobravam propina de empresários da região de Paulínia prometendo não levar adiante as investigações da Operação Petroleiros.

Os suspeitos chegaram a pedir R$ 6 milhões para não prender criminosos envolvidos com as fraudes. Um empresário cansado dos achaques resolveu denunciar o esquema.

Além dos policiais detidos neste fim de semana, outras seis pessoas já estão presas.

*Informações do repórter Tiago Muniz