Corregedoria vai apurar entrada não autorizada da PM em reunião de sindicato

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2016 14h22
Acompanhe Alexandre de Moraes ao vivo no Pânico

 A corregedoria da PM vai apurar se houve irregularidades na atuação da tropa durante reunião do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na semana passada. Nesta terça-feira (15/03), o secretário da segurança, Alexandre de Moraes, recebeu uma comissão de deputados estaduais petistas e de representantes da CUT. Eles cobraram providências da pasta sobre o que consideraram a invasão por policiais de uma plenária sindical em Diadema na sexta-feira anterior.

Alexandre de Moraes afirma que a SSP vai apurar eventuais erros, mas descarta má fé dos policiais chamados para o local: “Nós vamos apurar, se houve esse convite para ingressar, por que eles ingressaram, se houve erro por parte dos policiais, mas o que podemos descartar é a má-fé da PM em relação a qualquer manifestação, que não sabia o que estava ocorrendo lá”.

De acordo com o secretário, uma viatura da PM foi chamada porque a polícia recebeu a informação de que haveria uma manifestação em andamento no local. Quando os policiais entraram na reunião havia 600 pessoas na plenária. A comitiva de deputados afirma que os PMs entraram sem autorização.

Reportagem: Tiago Muniz