Criminoso é morto em troca de tiros com PMs após assalto a táxi em SP

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2017 06h08
27/03/2015- São Paulo- SP, Brasil- Protesto de taxistas, no centro da cidade, pedindo mais segurança devido a morte de um colega. Foto Paulo Pinto/ Fotos Públicastáxi

Perseguição policial a bandidos após assalto termina em tiroteio, com um suspeito morto e outro preso, na Zona Sul de São Paulo. O roubo, praticado pela dupla no final a noite desta segunda-feira (27), ocorreu na Avenida Jornalista Roberto Marinho, na região do Campo Belo.

Armados, eles dominaram um motorista do aplicativo 99 Táxi que transportava uma passageira e o obrigaram a entregar o veículo, um Hyundai HB20, branco.

A ação foi testemunhada por uma equipe da PM que fazia patrulhamento na área e que iniciou uma perseguição aos ladrões. A fuga durou cerca de três quilômetros e terminou na altura do número 850 da Rua Sônia Ribeiro, próximo à Avenida Professor Vicente Rao, no Brooklin.

O assaltante que dirigia perdeu o controle da direção do carro, que subiu na calçada e parou. Os suspeitos saíram correndo e tentaram se refugiar na garagem de uma casa, mas foram cercados pelos PMs.

Um deles teria efetuado disparos contra os militares, que reagiram e balearam o criminoso; o outro se entregou e foi detido ileso. O ferido, que era maior de idade, chegou a ser levado para o pronto-socorro do Jabaquara, mas não resistiu e morreu.

O comparsa dele, também maior e com passagens por roubo e tráfico de drogas, foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, o DHPP, onde foi autuado em flagrante.

*Informações do repórter Paulo Edson Fiore