Criminoso é preso com explosivos e fuzis após perseguição em Guarulhos

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2016 07h00
SP - APREENSÃO ARMAMENTO E EXPLOSIVOS/PRISÃO SUSPEITO - GERAL - Armamento apreendido com suspeito é apresentado no 2º DP de Guarulhos (SP), na madrugada desta quarta-feira (24). Ao checar a placa de veículo que trafegava pela Marginal Tietê, a Polícia Militar constatou que era roubado e iniciou uma perseguição. Após 20 km o suspeito parou em um bloqueio feito pela PM na Rodovia Fernão Dias. O bandido se entregou. Foram encontrados um fuzil e noventa dinamites no banco traseiro do veículo. 24/08/2016 - Foto: EDU SILVA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOBandido ligado ao crime organizado é preso com fuzis - AE

Criminoso ligado ao crime organizado é preso com fuzis, munições e explosivos em Guarulhos, na Grande São Paulo. O suspeito foi detido no final da noite desta terça-feira (23) por homens da Polícia Militar na Rodovia Fernão Dias após perseguição.

Em patrulhamento pela Marginal do Tietê, na pista sentido Rodovia Ayrton Senna, uma equipe do 51º Batalhão suspeitou do ocupante de um Jeep Renegade branco. Após confirmar que se tratava de um veículo roubado, os policiais tentaram a abordagem, mas o motorista acelerou, dando início a uma perseguição.

Após a Ponte da Vila Maria, O suspeito acessou a Rodovia Presidente Dutra e, em seguida, a Rodovia Fernão Dias, no sentido Belo Horizonte. Na altura do quilômetro 90, ele foi alcançado e tentou fugir a pé, mas acabou cercado e preso, sem reação.

Em revista no Jeep, os policiais militares encontraram 91 explosivos, além pavios para detonação e máscaras contra gás.

Também havia dois fuzis, calibres 556 e 762, 14 carregadores e cerca de 300 munições para os armamentos e dois coletes balísticos. O criminoso, que não portava documentos, disse que foi contratado apenas para entregar o material, mas não soube dizer a quem ou onde, pois receberia um contato por telefone.

Ele foi encaminhado ao 2º Distrito Policial de Guarulhos e, após identificação, autuado em flagrante por porte ilegal de arma e munição de uso restrito, porte de explosivo e receptação de veículo roubado.

Policiais militares do GATE, o Grupo de Ações Táticas Especiais, foram acionados e fizeram a remoção dos explosivos.

*Informações do repórter Paulo Edson Fiore