Dirceu condena Lava Jato, porque não gostou de ficar nas mãos de Moro, diz Ana Amélia

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2017 08h29
Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa. À mesa, senadora Ana Amélia (PP-RS) preside sessão. Foto: Waldemir Barreto/Agência SenadoSenadora Ana Amélia

Senadora Ana Amélia rebate ex-ministro José Dirceu e suas críticas à Lava Jato.

“O senhor José Dirceu se esmera em condenar a Lava Jato, talvez porque não tenha gostado de ficar nas mãos do juiz Sérgio Moro. A Operação Lava Jato, na chamada República de Curitiba, é um sopro de esperança, porque está representando uma nova imagem do País”, disse.

A parlamentar do PP do Rio Grande do Sul criticou na tribuna, e o artigo do ex-ministro publicado no jornal Folha de S. Paulo, intitulado de “As ruas e as urnas”, no qual ataca a Lava Jato e defende eleições diretas e Assembleia Constituinte.

Confira a reportagem completa de Marcelo Mattos: