Dois morrem e 3 ficam feridos em acidente provocado por idoso sem CNH

  • Por Jovem Pan
  • 23/12/2016 07h02
SP - ATROPELAMENTO MÃE E FILHA/MORTE ZONA LESTE - GERAL - Mãe e filha morrem após serem atropeladas por veículo na região do Parque São Rafael, Zona Leste de São Paulo (SP), na noite desta quinta-feira (22). Duas adolescentes, de 16 anos, também foram atingidas pelo veículo, mas não correm o risco de morrer. Segundo testemunhas, o motorista de uma pick-up Volkswagen Saveiro verde perdeu o controle da direção em um trecho de descida, bateu em um poste e em seguida atropelou mãe e filha e as duas adolescentes. 22/12/2016 - Foto: EDISON TEMOTEO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODois morrem e 3 ficam feridos em acidente provocado por idoso sem CNH - AE

Acidente seguido de atropelamento mata mãe e filha e fere outros três na região do Parque São Rafael, na Zona Leste de São Paulo. Entre os feridos estão duas adolescentes, ambas de 16 anos, e o terceiro é o condutor do carro, identificado como Gílson Francisco Amorim, de 60 anos.

O acidente ocorreu no início da noite desta quinta-feira (22), na altura do número 12 da Estrada Adutora do Rio Claro, no Jardim Santo André, limite com Mauá, na Grande São Paulo.

Segundo testemunhas, o motorista perdeu o controle da direção do veículo que dirigia – uma picape Saveiro verde -, em um trecho de descida. O carro bateu contra um poste e, em seguida, atropelou as quatro pedestres.

Luciene Josefa da Silva, de 36 anos, e a filha dela, Isabela Silva Linhares de Souza, de 6, morreram na hora. As adolescentes – Amanda Torres, que sofreu fratura no fêmur, e Fernanda Dias Pereira, com escoriações – foram socorridas por equipes do SAMU e encaminhadas ao Hospital Nardini, em Mauá.

Já o motorista Gilson Francisco Amorim foi retirado das ferragens pelos bombeiros e levado para o Centro Hospitalar de Santo André.

Testemunhas disseram que, horas antes, Amorim foi visto em um bar das proximidades, onde teria ingerido bebida alcoólica.

De acordo com o delegado do 49º Distrito Policial, de São Mateus, onde o caso foi registrado, uma amostra de sangue do motorista foi coletada para a realização de exames de embriaguez. Caso comprovada, Amorim será preso assim que receber alta. O condutor também estava com a CNH suspensa desde 2012.

*Informações do repórter Paulo Edson Fiore