Doria critica vandalismo em estátua de apóstolo Paulo na Sé: “pessoas que fazem isso não amam SP”

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2017 10h03
SP - MISSA/ANIVERSÁRIO/SÃO PAULO - POLÍTICA - A estátua do apostolo Paulo, na Praça da Sé, no centro de São Paulo, foi vandalizada com tinta vermelha nesta manhã, 25, dia do aniversario da cidade de São Paulo. Na foto, o prefeito de São Paulo, João Dória. 25/01/2017 - Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDOMonumento do apóstolo paulo amanhece manchado de tinta vermelha na Sé - AE

O monumento do apóstolo Paulo, localizado na Catedral da Sé, no centro de São Paulo, amanheceu manchado com tinta vermelha nesta quarta-feira (25). Segundo a Prefeitura, a estátua já estava manchada desde a madrugada, mas foi aguardada a passagem de João Doria pelo local para que ele se pronunciasse.

O prefeito, que estava no local por conta das festividades do aniversário da cidade, iria depositar flores no monumento junto ao Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer.

Ao chegar no local, o tucano, que já declarou guerra aos pichadores, lamentou o ocorrido. “Isso é o vermelho do sangue. Pessoas que fazem isso não gostam da cidade, não amam São Paulo. Por não amarem São Paulo, também não têm amor próprio. Por não terem amor próprio, precisam de fé, de ajuda superior para compreender que isso não se faz na cidade”, criticou.

Confira as informações do repórter Tiago Muniz: