Doria entrega Estaiadinha restaurada e nega contrapartida por doação privada

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2017 11h12
SP - DORIA/PICHAÇÃO - GERAL - Na foto produzida nesta sexta-feira (27) a Ponte Governador Orestes Quércia conhecida como “Estaiadinha”, localizada entre as zonas Central e Norte da cidade de São Paulo (SP) pichada. Que deverá ser limpa pela prefeitura da Capital nos próximos dias pelo programa “São Paulo Cidade Linda”. 27/01/2017 - Foto: JALES VALQUER/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOEstaiadinha

A Prefeitura de São Paulo entregou obra de revitalização da Ponte Orestes Quércia, a Estaiadinha, na Marginal do Rio Tietê. A estrutura estava pichada desde junho do ano passado. Os trabalhos de limpeza foram realizados em 18 dias.

A ponte que liga a Avenida do Estado à Marginal também recebeu nova iluminação, que foi instalada pelo Ilume. A obra teve um custo de R$ 93 mil e foi paga por uma empresa privada, a Inova, a título de doação.

O prefeito João Doria diz que outras pontes das marginais serão restauradas e garante que não houve contrapartida para a recuperação da Estaiadinha.

“Nenhuma (contrapartida). Cidadania. Como foi com a recuperação da ponte Estaiada, foi também um gesto de cidadania. Fizemos um chamamento público, a empresa aceitou, fez a doação do valor correspondente e a própria limpeza foi contratada por ela e empresas contratadas por ela”, afirmou Doria.

Segundo o prefeito, o trabalho de recuperação dos “marcos da cidade” continuarão sendo feitos “sempre com o apoio da livre iniciativa”.

Em janeiro, Doria já tinha feito a entrega da restauração da Ponte Octavio Frias de Oliveira, a Estaiada da Marginal do Rio Pinheiros.

Reportagem de Anderson Costa