Em tempos de crise, estacionamentos baixam preços para atrair mais clientes

  • Por Jovem Pan
  • 04/11/2016 08h02
estacionamento

Em tempos de crise, para conquistar o cliente, é preciso preço e serviço atrativo. Por isso, há uma verdadeira guerra de promoções também entre os estacionamentos de rua.

O valor médio para deixar o carro parado na Avenida Brigadeiro Luis Antonio, nos Jardins, por exemplo, tem baixado nos últimos meses.

Ainda tem uns que cobram R$ 30 o dia. Outros fracionam e cobram mais a partir da segunda hora.

O melhor preço é o da garagem na esquina com a Rua Caconde, que baixou de R$ 13 para R$ 10 o período de 12 horas.

Um risco assumido pelo supervisor Danilo Amaro dos Santos para voltar a ter movimento. Segundo ele, casa cheia atrai ainda mais clientes e faz o giro ser alto.

Além da crise, o serviço UBER mudou o comportamento dos paulistanos.

COnfira a reportagem completa de Carolina Ercolin: