Entidades vão debater sobre internet sem limites em Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2016 13h25
Fotógrafo Marcos Santos / USP Imagens Palavras chave computador, computadores, informação, internet, navegar, TecnologiaInternet

 A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) participará na terça-feira (3) de uma audiência pública no Senado Federal contra a limitação da banda de internet pelas operadoras. Temporariamente, o desejo das empresas foi adiado já que a Anatel protelou por 120 dias o início da cobrança pela franquia excedente.

A coordenadora da Proteste, Maria Inês Dolci, confirma que a população e as entidades precisam ficar de marcação cerrada: “Essa polêmica diz respeito à falta de infraestrutura para aumentar a capacidade da rede. Percebemos que as Teles não investiram nessa capacidade e agora querem mudar o modelo de negócio, passando a cobrar por um serviço que não pode ser cobrado”. Ainda, o Marco Civil da Internet determina que o acesso seja livre, lembra Maria Inês Dolci.

O consumidor e agente federal Paulo Guilherme de Mello Dias lamenta a mudança das regras do jogo pela Anatel e Teles no meio do caminho: “É péssimo, o usuário tem direito a usar o serviço da forma que foi tratado na adesão. Em detrimento ao usuário, isso é muito grave. A Anatel foi criada para tutelar os usuários, houve uma mudança”.

O consumidor pode se mobilizar através do site www.proteste.org.br/contraobloqueiodainternet

Informações: Renata Perobelli