Especial: “São Paulo 2016” – A eleição mais agitada dos últimos tempos

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2015 12h27
José Luiz Datena

 No episódio de hoje da série especial “São Paulo 2016”, a Jovem Pan mostra o panorama das eleições que vão ocorrer no ano que vem. Com candidatos polêmicos, as campanhas prometem ter bastante repercussão. Ao menos 10 dos 35 partidos existentes já têm os nomes de seus pré-candidatos. Mas as campanhas ficarão emocionantes no começo do ano que vem, quando as candidaturas forem oficializadas. A espera para a divulgação dos nomes se dá justamente porque, ao adiantar o lançamento de um novo candidato, isso pode desgastar mais do que fortalecer a sua imagem.

E com os paulistanos em um estado de descrença, cansados de discursos vazios e promessas não cumpridas, os candidatos terão um belo desafio para angariar os votos.

O atual prefeito, Fernando Haddad, que poderá tentar a reeleição, possui uma desvantagem justamente por estar em exercício. A situação atual do partido e a contestação de suas ações oferecem vantagens para a oposição.

Outros nomes possíveis para o pleito são o da ex-prefeita Marta Suplicy, que se desfiliou do PT e agora integra o PMDB, do deputado federal Celso Russomano, do vereador Andrea Matarazzo, do ex-vereador Floriano Pesaro, do deputado federal Bruno Covas e do empresário João Dória Júnior.

Além desses nomes, ainda poderemos ver a candidatura do deputado federal Marcos Feliciano, pelo PSC, e do jornalista José Luiz Datena, pelo PP, que deixa de ser pedra para se tornar a vidraça. Para Pedro Fassoni Arruda, professor do departamento de política da PUC de São Paulo, é possível estabelecer um ponto de contato entre Tiririca e Datena, candidatos sem uma história política, mas que conseguem canalizar os votos de protesto e os eleitores que possuem um sentimento difuso de descontentamento generalizado.

No terceiro e último capítulo da série acompanhe os desafios da metrópole em meio à crise econômica, o orçamento apertado e a menor arrecadação. E ainda, você verá como o eleitor deverá se comportar diante de tantos candidatos com perfis tão diferentes.