Jogar para frente? Em conversa, Tiago Nunes revela que respeitará ‘histórico de time defensivo’ do Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2019 16h36
Joka Madruga/Futura Press/Estadão ConteúdoTiago Nunes será o treinador do Corinthians em 2020

A participação de Tiago Nunes na gravação do Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta, na última terça-feira, rendeu importantes informações a respeito de como o futuro treinador do Corinthians pretende armar o time para 2020.

Durante o Esporte em Discussão desta quarta-feira, o jornalista Flavio Prado, que é apresentador da premiação e comentarista do Grupo Jovem Pan, revelou detalhes de uma conversa particular que teve com o técnico nos bastidores do evento.

“Ele me disse algumas coisas bem interessantes. A primeira, e que foi a que mais me chamou a atenção, foi sobre a postura do time do Corinthians. Está todo mundo achando que ele vai chegar para colocar o time para o ataque e tal Mas ele me falou: ‘olha… O Corinthians tem um histórico de time defensivo e reativo. Eu não vou chegar mudando radicalmente isso, não! Não vou ter tantos jogadores assim'”, contou Flavio Prado.

“Ele também me falou que pediu uns quatro, cinco jogadores. Ele fez uma lista de 17, mas não pediu 17 contratações. São 17 opções. Ele listou quatro ou cinco posições e, em cada uma, colocou cerca de quatro opções, o que resulta nesses 17 nomes. E ele não conversou com o Michael. Falou que já conversou com outros jogadores, mas que, com o Michael, não. Vejam bem… Ele não me disse que não o queria, só me disse que não conversou”, acrescentou.

Ainda de acordo com Flavio Prado, Tiago Nunes não cogita a possibilidade de usar um time alternativo durante o Campeonato Paulista – como fez, por exemplo, no Athletico-PR, bicampeão estadual com jogadores da equipe sub-23.

“O Tiago Nunes falou que vai usar a Florida Cup como treinamento. Vai usar todo mundo que for (aos Estados Unidos), rodar os jogadores. Perguntei sobre o Campeonato Paulista, e ele me contou que vai ‘botar para rachar’. Ele não vai fazer como fez no Athletico-PR, quando colocou o time sub-23 para jogar o Estadual. Ele me disse: ‘aquilo era política do clube. Eu fiz o que me mandaram fazer. Mas, aqui, vou tentar ganhar o campeonato, até porque, se eu colocar o sub-23 aqui, a chance de tomar paulada é enorme'”, finalizou.

Confira, abaixo, TUDO o que Flavio Prado revelou da conversa com Tiago Nunes!