Promessa não cumprida e intromissões aumentam descontentamento de Cuca com presidente do Santos

  • 24/10/2018 15h06
Ivan Storti/Santos/DivulgaçãoO presidente José Carlos Peres e o treinador Cuca não têm boa relação no Santos

Que Cuca e José Carlos Peres não são grandes amigos não é novidade para ninguém – as reclamações públicas do treinador após a eliminação do Santos na Libertadores expuseram a falta de sintonia entre eles. Nos últimos dias, porém, cresceu o descontentamento do técnico com relação ao presidente alvinegro. O não-pagamento de uma premiação e as constantes intromissões do mandatário no trabalho de Cuca já colocam em xeque, inclusive, a permanência do treinador na Vila Belmiro em 2019.

“O Cuca está descontente com o presidente”, revelou o repórter Wanderley Nogueira, durante o Esporte em Discussão desta quarta-feira, na Rádio Jovem Pan. “Primeiro, porque, de acordo com o Cuca, o presidente está metendo o bico no trabalho dele. E, segundo, porque o presidente prometeu pagar uma premiação e pagou apenas para os jogadores. Não pagou para a comissão técnica, apesar de ter prometido fazê-lo”, acrescentou.

Por outro lado, segundo Wanderley Nogueira, “muita gente na Vila Belmiro” entende que Cuca e seus companheiros de comissão técnica estão “preparando o terreno” para sair do Santos no fim do ano – as partes assinaram contrato até o fim de 2019.

O que José Carlos Peres disse sobre a relação com Cuca?

Questionado na última terça-feira sobre como era a sua relação com o treinador, o presidente alvinegro desconversou e prometeu trabalhar para que Cuca permaneça no Santos no ano que vem.

“Eu digo que essa relação é de família. O Santos é uma família. No segundo turno, somos o segundo. Se fôssemos bem na primeira parte, estaríamos entre os dois, três primeiros. Me entendi bem com o Cuca. É sempre bem resolvido. Família é família. A relação é ótima. É um grande treinador. Quanto mais você assiste mais tem certeza. Ele manda no time. Vamos montar o time do Cuca, e ele vai ficar com a gente”, afirmou.