Esposa de Cunha diz que só soube de conta no exterior após bloqueio de cartão

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2016 09h25
PR - LAVA-JATO-CLAUDIA-CRUZ - GERAL - A esposa do ex deputado Eduardo Cunha, Claudia Cruz em Curitiba (PR), nesta quarta-feira (16), onde prestou depoimento para esclarecimentos na Operação Lava Jato, que investiga desvios de dinheiro da Petrobras, na sede da Polícia Federal, e visitou o marido da carceragem da polícia federal. 16/11/2016 - Foto: CASSIANO ROSÁRIO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOclaudia cruz após prestar depoimento a Moro - AE

Em depoimento à Justiça Federal, a esposa do deputado cassado Eduardo Cunha, Claudia Cruz, afirmou que só soube da existência de uma conta no exterior no nome dela após o bloqueio de um cartão durante a Operação Lava Jato em 2015.

A jornalista, ré em um dos processos da Operação, acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, foi ouvida pelo juiz federal Sérgio Moro. Entretanto Claudia Cruz só respondeu aos questionamentos da defesa.

Claudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha, negou ter ocultado ou dissimulado dinheiro no exterior. Ela disse a Sérgio Moro que sempre acreditou no marido.

As investigações apontam que Cláudia Cruz foi favorecida com parte de um montante, propina milionária supostamente recebida por Eduardo Cunha, quando viabilizou a aquisição, pela Petrobras, de um campo de petróleo em Benin, na África.

De acordo com o Ministério Público Federal ela tinha consciência dos crimes que praticava e usou o dinheiro para pagar despesas de cartão de crédito no exterior entre 2008 e 2014.

Confira a reportagem de Felipe Palma: