Essencial para acordo com a União, projeto de alienação da Cedae não avança

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2017 06h41
Alerj - Divulgação

O projeto de lei que trata da alienação das ações da Cedae não consegue avançar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, e o presidente da Casa, Jorge Picciani, ameaça votar em sessão extraordinária no final de semana.

O bloco de oposição faz o possível para obstruir a votação, que deveria ter encaminhamento nesta quinta-feira (09) e ser colocado em pauta na próxima semana no plenário da Casa.

Este bloco cria série de vetos e projetos que possuem menos relevância e impedem a votação do projeto de lei considerado mais importante do Estado do Rio de Janeiro, que pode viabilizar empréstimos de R$ 3,5 bilhões.

Jorge Picciani está irritado com a manobra da oposição e cria sessões extraordinárias já nesta semana.

*Informações do repórter Rodrigo Viga